Energia sustentável: a saída energética no Brasil

Hoje, quando falamos de energia sustentável, uma das principais ferramentas que pensamos é a energia solar, ou qualquer outra que se aproxime e que use dos mesmos mecanismos de não poluição.

A associação de energia a meio ambiente é fácil e perceptível por milhares de pessoas no mundo, mas parece tardar quando o assunto é a sua implantação. Sabemos que a demanda energética – ao menos no Brasil – provém de hidrelétricas e termoelétricas, mas atentaremos ao fato de que um dia precisarão ser substituídas.

As usinas hidrelétricas, embora usem a água como gerador de energia, sofre com as secas dos rios em períodos longos de estiagem, sendo necessário neste caso acionar as termoelétricas – que usam gás, carvão e combustíveis fósseis para a geração de eletricidade.

A saída é adotar sistemas que substituam os de hoje, como os já existentes painéis solares e energia proveniente das marés, por exemplo. Aproveitar as fontes naturais como o sol, vento, chuva e até mesmo o calor que vem da terra é a principal missão que a ONU lança aos países poluidores.

No mundo, 20% das pessoas não possuem energia elétrica em suas residências. Só no Brasil, cerca de 1 milhão de casas estão sem eletricidade (dados da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica).

 

Por Rodolpho Pagliarini

___________________________________________________________________________________________

A In Natura Soluções Ambientais é uma consultoria ambiental localizada em Curitiba/PR. 
Há quatro anos no mercado, a consultoria ambiental conta com serviços nas áreas de Licenciamento Ambiental, PGRCC, PGRS, Acompanhamento ambiental de obra entre outros. Solicite um orçamento através do e-mail ou entre em contato através do tel.: (41) 3359-2432.

Deixe uma resposta

Fechar Menu