COP 19 e as soluções para as mudanças do clima no mundo

A 19ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, a COP 19, foi realizada em Varsóvia na Polônia, durante os dias 11 a 23 de novembro. O objetivo desta conferência foi reunir as nações do mundo para planejarem juntas o novo tratado que irá substituir o Protocolo de Kyoto, criado em 1997, para obrigar nações desenvolvidas a reduzir suas emissões em 5,2% entre 2008 e 2012, em relação aos níveis de 1990.

Segundo Jake Schmidt, do Conselho de Defesa dos Recursos Naturais: “As negociações climáticas estavam compreensivelmente tensas porque ainda há a percepção de que se um país ganha o outro perde. ’’ As nações em desenvolvimento querem ter a certeza de que os países ricos irão adotar metas ainda mais rigorosas.

O financiamento climático é a parte mais difícil para o acordo, aqui os países ricos se comprometeram a ajudar as nações em desenvolvimento a tornar suas economias mais verdes. Eles forneceram bilhões de dólares em financiamentos climáticos nos últimos anos, mas têm resistido aos apelos para fechar compromissos concretos sobre como irão cumprir a promessa de ampliar as contribuições para R$100 bilhões ate 2020.

Apontando para o impacto devastador do supertufão nas Filipinas, países insulares também exigiram um novo “mecanismo de perdas e danos” para ajudá-los a lidar com desastres climáticos agravados pelas alterações no clima. Os países ricos estavam buscando um compromisso que não os deixaria responsáveis por danos causados por eventos climáticos extremos.

Dos assuntos abordados, o principal foi busca de um contrato que vai obrigar a redução de emissões de gases poluentes, e com isso diminuir os impactos da mudança climática. Para realização desde acordo, as nações deverão apresentar seu compromisso até o primeiro trimestre de 2015, em Paris, onde será realizada a próxima Conferência, a COP 21.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1, Greenpeace

Por: Maiara Bortoluzzi

Deixe uma resposta

Fechar Menu